Se você ama explorar a natureza, o post de hoje é perfeito para as pessoas que gostam de trilhas! Separamos itens essenciais para que você faça sua viagem com tranquilidade, sem deixar nada de lado!

Porém, antes de mais nada, é fundamental investigar o lugar que você fará sua trilha! Como é o clima, é muito frio? Faz calor o dia todo? Isso vai te ajudar a determinar quais serão os tipos de roupas e calçados, por exemplo.

O que não pode faltar em uma trilha?

Abaixo trazemos os acessórios que não podem faltar na hora de pisar na natureza. Faça seu checklist e não esqueça nada!

1. Mochila

Essencial para carregar os seus pertences, o tamanho vai variar conforme a duração da sua trilha: se for "bate e volta", considere escolher uma mochila menor, mas que caiba todos os seus itens essenciais.

Outro ponto importante que vai te ajudar muito: não faça trilhas carregando sacolas de mão ou aquele estilo de bolsa transversal, pois o peso dos itens podem te desequilibrar, sem contar que, com o tempo, tendem a causar dores no corpo.

O que faz a diferença é ser objetivo e levar apenas o que é realmente necessário, isso definirá o tamanho e o peso que sua mochila deve ter.

 

2. Calçado confortável

Para encarar altas aventuras pela natureza é importantíssimo contar com calçados confortáveis.

As botas de trilha são ideais para praticar o esporte, mas um tênis de qualidade já é o necessário para evitar dores e bolhas no pé durante a caminhada.

Dicas extras: 

1. Opte por calçados com solado de boa aderência (antiderrapante) e, se possível, que seja impermeável.

2. Escolha boas meias, de preferência as específicas para o tipo de trilha que irá fazer, para evitar a retenção do suor. Existem ótimos modelos no mercado.

Pessoas em uma trilha com botas confortáveis

 

3. Roupas confortáveis

A escolha do tipo de roupa que você levará para a trilha será baseada no clima de onde será a sua viagem, então uma boa dica é pesquisar bastante sobre as condições climáticas do seu destino.

De modo geral, pense em roupas leves, como as que costuma-se usar em academia, porque elas possuem tecnologias como dryfit que absorvem o suor mais rápido e costumam ser bem confortáveis.

Em lugares com frio intenso e neve, você pode contar com camisas térmicas de segunda pele com proteção UV e calças térmicas que ajudam a reter a temperatura. Além disso, há casacos e blusas ideais para enfrentar dias de frios.

Pessoa andando numa trilha

 

4. Óculos de sol, bonés ou chapéu

Ao lado do protetor solar, usar bonés e chapéus ajudam na proteção, principalmente em caminhadas durante o dia sob o sol.

Os óculos são bem úteis para minimizar qualquer incômodo na visão, principalmente em chãos mais claros com terra/areia branca, por exemplo, onde o sol bate e reflete nos olhos.

Pessoa sentada no topo de uma montanha admirando a vista

 

5. Capa de chuva

Por mais que as condições climáticas estejam favoráveis, é importante levar uma capa de chuva na mochila!

Assim, você consegue evitar se molhar muito durante o trajeto. Pode ser até aquelas simples, mais fininhas.

Prevenir é sempre bom!

Pessoa com lanterna na cabeça e capa de chuva

 

6. Água

Cuidar da hidratação é fundamental para a prática de qualquer atividade física e em todos os momentos da nossa vida — para uma trilha não seria diferente.

Então, pense no trajeto dela e tente calcular o volume ideal de água para levar! Uma estimativa válida é de 2 a 3,5 litros de água por dia de caminhada, com essa média em mente, você não ficará com sede e nem carregará mais peso.

Vale lembrar: utilize garrafas para evitar o descarte de plástico na natureza.

Pessoa segurando garrafa de água numa trilha

 

7. Alimentos fáceis de transportar

Uma forma de se alimentar bem, mas sem deixar a mochila lotada e pesada é pensar em tipos de comidas que não ocupam muito espaço e que sejam leves.

Além disso, uma boa dica é optar por alimentos que ajudam a repor a energia rapidamente. Veja algumas dicas para te inspirar:

  • Frutas desidratadas;

  • Barra de cereal;

  • Barra de proteína;

  • Biscoitos doces e salgados;

  • Sementes como castanhas e amendoim;

  • Sanduíches;

  • Ovos cozidos.

Barra de cereal

 

8. Kit primeiros socorros

Por mais que pareça óbvio, é normal acabar esquecendo o kit com curativos e primeiros socorros, por isso não podíamos deixar de fora dessa lista.

Em uma trilha, podemos vivenciar muitas aventuras e alguns acidentes podem acontecer, então é melhor estar prevenido para qualquer tipo de emergência.

 

9. Canivetes e facas

Quando falamos em trilhas, é sempre importante ter em mãos facas ou canivetes. Isso porque elas serão úteis para cortar alimentos, fazer reparos em equipamentos, auxiliar na montagem de barracas, além de outras necessidades.

Existem modelos de canivetes multiferramentas que, além da lâmina de corte, possuem itens indispensáveis, como abridor de lata, chave sextavada, de fenda, escalas em polegadas e muito mais! Tudo para te auxiliar viver os melhores momentos de aventura mata adentro.

Fizemos um post exclusivo com tudo o que você precisa saber sobre faca de camping, ensinando como escolher a opção certa, vale a pena conferir.

 

10. Facão

Não sabemos o que nos espera na mata, não é verdade?

Ter em mãos um facão é uma garantia a mais de segurança, tanto para abrir a mata a cada passo dado adiante na viagem quanto para se proteger de perigos que possam aparecer.

Se possível, opte por ferramentas elaboradas em materiais resistentes, com alta durabilidade e confortável para uso.

Facão sobre uma tábua de madeira

 

Veja também: Esportes outdoor radicais para você curtir a natureza.

11. Lanternas

Um dos itens que não podem faltar na sua lista, mesmo que sua viagem seja durante o dia, são as lanternas.

É importante garantir uma boa iluminação caso surja algum imprevisto, como não calcular corretamente o tempo de volta, mesmo que pareça um percurso rápido. Em percursos longos são indispensáveis também.

Para garantir leve lanternas e baterias reservas!

Pessoa caminhando de noite com lanterna para iluminar

 

12. Celular e carregador portátil

É sempre bom levar consigo o celular: ele pode ser bem útil para comunicação e também para fazer belos registros de cada passo importante na trilha, as paisagens e as memórias que ficarão depois.

O carregador portátil pode ajudar caso acabe a bateria do celular. E, claro, que sempre devemos ter a opção de pedir ajuda, se necessário.

Celulares conectados nos seus cabos de carregar

 

13. Protetor Solar

Independentemente do destino, levar o protetor solar é fundamental para assegurar a saúde da sua pele, evitando lesões por ficar muito tempo sob exposição ao sol.

Escolha o produto que para o seu tipo de pele e com fator de proteção adequado ao tempo de exposição ao sol.

Uma dica extra: em trilhas com trajetos maiores e em espaços abertos, vale a pena investir em camisetas com proteção UV, perfeitas para proteger contra uma possível insolação.

Mulher vista de costas andando na trilha

 

14. Repelente

Outro item essencial para sua viagem em trilha é o repelente!

Com ele, você conseguirá proteger a pele contra as picadas de mosquitos e outros insetos — principalmente em horários em que eles ficam mais agitados como finais de tarde.

Para otimizar o resguardo do seu organismo, vale usar roupas de manga comprida e calça!

 

15. Saco de Lixo

Somos responsáveis por tudo o que deixamos na natureza, certo?

Então, não deixe de levar contigo sacos ou sacolas para recolher tudo o que produzir de lixo durante a viagem.

Garrafa plástica na grama

Bom, agora que você tem um checklist básico em mãos, é hora de programar para encarar as maiores aventuras mundo à fora. Para te inspirar, separamos os 12 melhores campings do Brasil, quem sabe o seu próximo destino está ali?

Continue acompanhando nosso blog para mais dicas de estilo de vida outdoor, camping e muito mais.

Até o próximo post!

Sobre o autor

Junior Dorigatti

Junior Dorigatti

Junior Dorigatti é engenheiro, diretor industrial e sócio responsável pelo desenvolvimento de produtos na Cutelaria CIMO

Especializado em design de produto, o autor trabalha a mais de 20 anos com cutelaria, desenvolvendo mais de 100 projetos de produtos e aplicações no ramo. Entre os seus conhecimentos, a ampla experiência em cutelaria é o destaque - desde detalhes técnicos que vão do tratamento térmico ao design das lâminas.

O autor também conhece as etapas de fabricação de canivetes e facas, desenvolve temas sobre como escolher e identificar o uso correto das lâminas de facas e canivetes, além de fomentar novas tecnologias e inovações da cutelaria.

Para amadurecer o setor de cutelaria nacional, está disposto a fornecer ótimas informações sobre as mais diversas áreas do tema que vão do uso às diferenças dos produtos.

Junior Dorigatti