As facas de cerâmica são uma escolha popular entre os chefs e cozinheiros, devido à sua leveza, precisão e durabilidade. No entanto, mesmo com essas vantagens, as lâminas de cerâmica acabam perdendo o fio com o uso e precisam ser afiadas.

É importante lembrar que afiar facas de cerâmica requer técnicas e ferramentas específicas para afiar, diferentes das utilizadas em facas de aço.

Neste texto, a Cutelaria Cimo vai te dar 7 técnicas para a amolação e conservação do fio de um produto especial como esse. Assim, você terá sempre à mão o melhor que sua peça de cerâmica tem para oferecer!

1. Escolha a pedra de amolar

Existem diferentes tipos de pedras de amolar disponíveis, cada uma com um grau de abrasividade diferente. Escolha uma pedra com um grau de abrasividade compatível com o estado da lâmina da sua faca.

Você também pode se interessar por: Como afiar sua faca? Dicas e sugestões práticas!

2. Molhe a pedra

Mergulhe a pedra em água por cerca de 10 minutos antes de começar a afiar. Isso irá ajudar a manter a lâmina fria e minimizar o risco de danificá-la.

3. Posicione a faca na pedra

Segure a faca com firmeza e posicione-a na pedra de amolar, mantendo um ângulo de cerca de 20 graus. Certifique-se de manter o mesmo ângulo durante todo o processo.

4. Afie a faca

Com movimentos suaves e constantes, deslize a faca para frente e para trás na pedra, mantendo o ângulo constante. Repita o processo várias vezes em cada lado da lâmina até que o fio esteja recuperado.

Confira: Como afiar faca com chaira? Veja o passo a passo!

5. Afiar a ponta

Para afiar a ponta da faca, use um movimento circular em vez de deslizar a lâmina para frente e para trás. Lembre-se de manter o ângulo constante durante todo o processo.

6. Teste a afiação

Verifique se a faca está afiada, passando a lâmina cuidadosamente na unha do polegar. Se a lâmina deslizar facilmente, significa que está afiada.

7. Limpe a lâmina

Depois de afiar a faca, limpe cuidadosamente a lâmina com um pano úmido para remover quaisquer partículas de cerâmica soltas.

Você também pode querer ler: Facas para presente: 5 dicas originais para conhecer!

Como afiar faca de cerâmica

6 Dicas para conquistar o fio perfeito na sua faca de cerâmica

Existem algumas dicas essenciais que podem ser seguidas para garantir que a faca de cerâmica seja afiada adequadamente, sem danificar a lâmina. Confira:

1. Antes de afiar, veja se existem "dentes" na lâmina

Por ser muito dura, um dos principais problemas que a cerâmica são pequenas rachaduras (dentes) que surgem no impacto com alguma superfície. Eles acabam interrompendo a lâmina, o que no caso de uma faca de cortes retos como essa é um problema sério.

2. Faça testes durante a afiação

Os testes são sua melhor chance para conferir se a afiação está funcionando! Isso porque a faca de cerâmica não deixa rebarba ao ser afiada, o que é um sinal visual de que a lâmina está sendo trabalhada e, por ser muito dura, demanda um pouco mais de esforço e tempo até que chegue ao ponto desejado.

Ao realizar o teste ficar satisfeito com o fio atual, marque quantos minutos/vezes contou até chegar nesse ponto e use como guia para as próximas vezes!

Confira também: Como afiar canivete: aprenda o passo a passo

3. Para assentar o corte, a chaira pode ser de cerâmica

Apesar da chaira diamantada ainda ser a mais recomendada para afiar facas de cerâmica, você já pode contar com uma versão de cerâmica, mais comum de ser encontrada e com resistência o suficiente dar o acabamento para o seu trabalho. Em muitos casos, essas chairas já vêm junto das facas nos kits de cerâmica.

4. Mantenha o uso da capa que vem com a faca

Manter o uso da bainha protetora de faca, mesmo dentro de casa, é um cuidado necessário para evitar pequenos acidentes que possam danificar a peça, além de ser elegante e muito útil para o transporte. Assim como a chaira, geralmente essa proteção já pode vir com o equipamento.

5. Atenção às superfícies e alimentos em que usa a faca

Para conservar a afiação feita na faca de cerâmica e estender sua vida útil, é recomendado evitar o corte em superfícies de granito, mármore, vidro ou azulejo.

Esses materiais podem de lascar a lâmina da faca com o impacto e estragar toda a afiação feita anteriormente. A dica nesse caso é usar tábuas de materiais mais suaves e flexíveis, como o plástico, o silicone, a madeira ou o bambu.

A dureza dos alimentos em que você vai usar a peça de cerâmica também merece atenção. Portanto, evite cortar alimentos congelados, ossos e outros itens mais firmes.

6. Lave as facas de cerâmica à mão

A cerâmica é muito fácil de ser limpa! Lavar à mão, como você faria normalmente com outros utensílios, é mais do que o suficiente para mantê-la higienizada.

Apesar de prática, a máquina de lavar louças pode trazer um risco desnecessário ao movimentar os itens mais bruscamente, o que pode fazer as facas de cerâmica chocarem com outras coisas no processo.

O processo de como afiar facas de cerâmica vai muito além dos conceitos mais simples. É preciso considerar o material utilizado para a amolação, fazer diversos testes para conhecer o ponto ideal do fio em cada pedra e caprichar no acabamento.

Gostou do post de hoje? Conheça então outros tipos de facas diferentes e suas funções aqui, no blog da Cutelaria Cimo!

Sobre o autor

Junior Dorigatti

Junior Dorigatti

Junior Dorigatti é engenheiro, diretor industrial e sócio responsável pelo desenvolvimento de produtos na Cutelaria CIMO

Especializado em design de produto, o autor trabalha a mais de 20 anos com cutelaria, desenvolvendo mais de 100 projetos de produtos e aplicações no ramo. Entre os seus conhecimentos, a ampla experiência em cutelaria é o destaque - desde detalhes técnicos que vão do tratamento térmico ao design das lâminas.

O autor também conhece as etapas de fabricação de canivetes e facas, desenvolve temas sobre como escolher e identificar o uso correto das lâminas de facas e canivetes, além de fomentar novas tecnologias e inovações da cutelaria.

Para amadurecer o setor de cutelaria nacional, está disposto a fornecer ótimas informações sobre as mais diversas áreas do tema que vão do uso às diferenças dos produtos.

Junior Dorigatti